PESQUISAR ESTE BLOG POR PALAVRAS

Minha casa e as minhas lembranças.

Minha casa e a saudade.



Enquanto a chuva caia da janela Maria contemplava e lembrava os bons tempos da infância que vivera ali naquele sítio, do seu quarto tinha a vista do lago que dava para o fundo da casa, e sempre que chovia ela ficava algum tempo olhando a chuva cair, e assim ajudava o tempo passar, ali no lago brota uma vertente muito forte, ela olha e quer aproveitar bem a imagem, pois amanhã sua família irá partir de mudança para outra cidade, deixar seus amigos, o povoado e sua bela moradia,isso machuca o seu coração, enquanto os pingos caem e movimenta as águas do lago com pequena ondas ela contempla a bela visão, o quero-quero e a saracura ao redor cantam anunciando a chuva que já está caindo la fora ha algum tempo, ela começa já a sentir uma profunda e intensa saudade do lugar, a janela já está embasada, pois Maria respira muito perto há algum tempo, então ela sai do quarto e vai para a cozinha, o café está pronto, a primeira visão do ambiente são as caixas que já estão ficando prontas para a partida de amanhã, ela para em frente, pensa que amanhã muito longe vai estar, e outra vida começar, então em seus pensamentos Maria deseja que o próximo morador cuide bem do lugar, fica triste e apreensiva só em pensar que alguém possa destruir tudo aquilo que seu pai conservou até hoje, as vertentes, o lago, o riacho as frutíferas, e a mata nativa, de repente se perde nos pensamento, depois do café a chuva de verão passou, dai Maria colocou suas botas e foi passear pelo sítio para se despedir da bela natureza, quando chegou no lago próximo a casa que tem visão da janela de seu quarto ela se ajoelhou e ficou contemplando o lago, levava consigo a ração dos peixes, abri-o o saco e logo atirou um pouco da ração para os peixes, alguns emergiram, então ela sorriu, parece que essa seria a despedida com eles, depois emocionada uma lágrima caiu pelo rosto, mais tarde voltou para casa para o almoço, muito calada e distante, depois foi  terminar de arrumar sua mala para a partida e um novo ciclo iniciar, enquanto isso Maria reflete e chega a conclusão que a vida é assim, nada é definitivo, convém aceitar as mudanças e seguir o destino, no outro dia antes do sol nascer tudo pronto, Maria estava bonita, sua roupa era toda de tão azul, usava sandália brancas, e seu longos cabelos cor de mel ainda mais realçavam sua beleza, quis vestir-se bem para se despedir a altura dos dias felizes que ali viveu, antes da partida foi a janela de seu quarto e contemplou o lago, talvez pela última vez, logo em seguida foi interrompida pelo chamado da mãe que disse: vamos embora filha, ela fecha acortina e vai ao encontro da mãe e todos partem com a mudança para outra cidade.
Contos e histórias.
Entretenimento.

SIGNIFICADO DOS NÚMEROS - NUMEROLOGIA BÁSICA - CASA - COMÉRCIO - LOJA - E CORES

PESQUISAR ESTE SITE POR PALAVRAS

Postagens mais visitadas da semana

Vídeos natureza. - o nascimento das duas pombinhas veja o vídeo e mais assuntos

VEJA AQUI MAIS ASSUNTOS NO SITE

Mostrar mais

Postagens mais visitadas deste blog

Total de visualizações de página

PESQUISAR ESTE BLOG POR PALAVRAS

OBRIGADA POR VISITAR ESTE SITE.

Obrigada por visitar este site, volte sempre.